- PUBLICIDADE -
InícioPolíticaDistrito FederalUnidade móvel de serviço veterinário chega ao Riacho Fundo nesta segunda

Unidade móvel de serviço veterinário chega ao Riacho Fundo nesta segunda

A unidade móvel do Serviço Veterinário Público (Hvep), administrada pelo Instituto Brasília Ambiental, encerrou na última terça-feira (31) as atividades no Parque Ecológico Três Meninas, em Samambaia, onde estava instalado desde o dia 7 de fevereiro em caráter experimental. Com o sucesso do projeto, nesta segunda-feira (6), o trailer chega ao Parque Ecológico Riacho Fundo e deve permanecer na unidade de conservação até 2 de setembro.

A unidade móvel oferece atendimento clínico ambulatorial e coletas para exames de sangue, além de orientações educacionais, curativos simples e aplicação de medicações | Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

O secretário-executivo do Brasília Ambiental, Thúlio Moraes, ressalta que a gestão tem se esforçado para compatibilizar a execução da política ambiental com a de saúde pública. “É uma forma de atingir um público que, por diversas razões, não consegue se deslocar até o Parque Ecológico do Cortado, em Taguatinga, onde é a sede fixa do Serviço Veterinário, para tratar seu pet”, explica.

A unidade móvel oferece atendimento clínico ambulatorial e coletas para exames de sangue (hemograma e bioquímicos), além de orientações educacionais, curativos simples e aplicação de medicações, de acordo com cada situação. Em caso de emergências, os tutores devem buscar auxílio diretamente na sede do Hvep, onde também serão realizados atendimentos cirúrgicos e exames de imagem que não estão disponíveis no trailer.

Durante a experiência piloto, em Samambaia, foram realizadas 660 consultas e mais de 2.600 atendimentos, como exames de sangue, exames bioquímicos e curativos, entre outros. No Riacho Fundo, a população contará com os mesmos serviços mediante distribuição de dez senhas diárias, a partir das 8h, triagens e atendimentos de segunda a sexta-feira, até 13h, com retornos previstos para o turno vespertino.

Dinamização

Com a ideia de descentralizar o atendimento veterinário gratuito e colher informações do perfil desses usuários, a expectativa é de que a unidade móvel percorra diversas regiões administrativas, sendo instalada sempre em unidade de conservação sob gestão do Brasília Ambiental.

A definição do local envolve aspectos técnicos e operacionais, levando em consideração a distância até o edifício sede do Hvep, condições para o fornecimento de água e energia elétrica para o local de instalação do equipamento, além de espaço para triagem e recepção dos animais e tutores com conforto e comodidade. Também são priorizadas as regiões com menor oferta de serviço clínico veterinário ou tutores de menor poder aquisitivo.

*Com informações do Instituto Brasília Ambiental

Fonte: Agência Brasília

Comentários

[wce_code id=1]
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -