- PUBLICIDADE -
InícioPolíticaDistrito FederalNovas placas e podas de árvore reforçam segurança no Parque da Cidade

Novas placas e podas de árvore reforçam segurança no Parque da Cidade

Quem visita a área dos pinheiros no Parque da Cidade certamente vai notar mudanças. Vinte e nove árvores que poderiam causar riscos foram erradicadas. Também foram instaladas 15 novas placas que advertem os visitantes sobre possíveis quedas de galhos ou de árvores na região, principalmente em caso de chuva e ventania, ou ainda devido ao uso de redes de balanço nos troncos.

Área dos pinheiros recebeu placas com alertas para maior segurança dos frequentadores | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

O serviço abrangeu a área do Estacionamento 4, onde ficam o Bosque do Pinheiro e as churrasqueiras, pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) em parceria com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) – responsável pela confecção das placas – e a equipe da administração do Parque da cidade.

“Foi feito um estudo sobre quais placas deveriam ser colocadas. Optamos por três tipos que alertam sobre os ventos, os riscos de queda de galho e a proibição de amarrar qualquer tipo de objeto, como redes, nas árvores”, conta o chefe de Departamento de Parque e Jardins da Novacap, Raimundo Silva.


“Por ser uma área de convívio comum, o Parque da Cidade possui regras, que vão da segurança à autorização para uso dos espaços. E, por meio da sinalização, contribuímos para assegurar que a população possa praticar esporte e lazer de forma segura”
Giselle Ferreira, secretária de Esporte e Lazer

Instalados em áreas estratégicas, os alertas são necessários pela grande quantidade de pinheiros existentes no local, usado por visitantes para fazer churrasco, piqueniques, encontros e pequenas festas. “São árvores extremamente grandes e altas, com mais de 40 metros de altura. A árvore pode estar com um aspecto de normalidade, mas pode existir uma podridão interna, ou sob o solo, que não é detectável a olho nu, o que pode vir a causar acidente”, justifica.

Outro motivo de atenção é a questão climática. Ventos e chuvas fortes costumam expor as árvores ao risco de queda. “A árvore é um ser vivo que pode sofrer intempéries e tem um grau de resistência”, completa.

Segurança e informação

“Foi de suma importância a colocação das placas para orientar os frequentadores a ter um local que proporcione segurança, com informação do que é permitido e do que é desaconselhado, como pendurar redes”, afirma o administrador do Parque da Cidade, Carlos Alberto Bougleux.

Placas advertem para o risco de queda de galhos e informam sobre a proibição de uso de redes

Já em relação à poda de árvores, Bouglex lembra que muitos pinheiros têm mais de 40 anos. “Com essa época de clima alterado, com rajadas de ventos fortes, essa manutenção está sendo semanal”, diz. As erradicações são feitas prioritariamente em árvores próximas a pistas de rolagem e às redes elétricas, e também nas áreas internas onde há as pistas de cooper e de ciclismo.

A estudante Ca Ignes, 25 anos, notou as placas durante uma caminhada no local e gostou da ação. “Acho interessante, essencial, na verdade, até porque essa é uma área icônica, que a população usa bastante. A inclusão dessas placas foi bem legal”, definiu.

Os amigos Artemis Assunção, 23, e Euler Queiroz, 36, ambos engenheiros, também gostaram da iniciativa. “Acho superimportante esse alerta. Quanto mais informação, melhor”, ressalta Artemis. Euler vê as placas como uma ação de cuidado com os visitantes. “É mais segurança. É uma área com muitas árvores; até por isso ficamos sentados mais para cá”, diz, ao mostrar o espaço descampado escolhido para o encontro.

“Por ser uma área de convívio comum, o Parque da Cidade possui regras, que vão da segurança à autorização para uso dos espaços. E, por meio da sinalização, contribuímos para assegurar que a população possa praticar esporte e lazer de forma segura. Essa é mais uma forma de levar qualidade de vida à população”, destaca a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira.

Fonte: Agência Brasília

Comentários

[wce_code id=1]
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -