- PUBLICIDADE -
InícioPolíticaDistrito FederalAbertas 420 vagas em cursos de beleza e informática para mulheres

Abertas 420 vagas em cursos de beleza e informática para mulheres

A Secretaria do Trabalho abriu chamamento público para preencher 420 vagas nos cursos de qualificação profissional do projeto Jornada da Mulher Trabalhadora, desta vez em São Sebastião. As inscrições vão até esta sexta-feira (27) e podem ser feitas pelo site da Secretaria de Trabalho ou, presencialmente, na administração regional ou na agência do trabalhador da cidade.


Serão oferecidos cursos de qualificação profissional nas seguintes áreas: maquiagem profissional, secretariado administrativo, design de sobrancelha, alongamento de unhas, cabeleireiro profissional e informática básica

Podem participar mulheres maiores de 16 anos com, no mínimo, ensino fundamental e que morem na região. Elas passarão por processo de classificação e ranqueamento baseado nas condições de vulnerabilidade socioeconômica.

Serão oferecidos cursos de qualificação profissional nas seguintes áreas: maquiagem profissional, secretariado administrativo, design de sobrancelha, alongamento de unhas, cabeleireiro profissional e informática básica, com 35 vagas em cada um, nos turnos matutino e vespertino. Todas que fizerem o curso receberão certificado.

As candidatas convocadas deverão comparecer à Administração Regional de São Sebastião até o dia 30, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h, e apresentar Carteira de Identidade ou documento equivalente com foto, CPF, comprovante de residência e comprovante de escolaridade.

A data de início dos cursos de qualificação profissional será informada após o período de matrículas. As atividades serão desenvolvidas no Caic Unesco de São Sebastião.

Jornada da Mulher Trabalhadora

O projeto Jornada da Mulher Trabalhadora já passou por quatro cidades – Sobradinho, Itapoã, Riacho Fundo e Núcleo Bandeirante –, totalizando 1.440 beneficiadas.

O secretário do Trabalho, Thales Mendes, destaca que é feito um mapeamento tendo como base a Pesquisa de Emprego e Desemprego, da Codeplan, para definir as estratégias e levar os cursos de qualificação profissional na área da beleza a determinada região do DF.

“Para começar, observamos os locais em que há um maior nível de desempregados, que, na grande maioria, são jovens sem qualificação profissional e mulheres. A partir disso, verificamos se existe uma demanda de contratação e pessoas com interesse em fazer cursos. Existindo, levamos os cursos até essa região para que o público seja capacitado e consiga se recolocar no mercado de trabalho”, afirma.

Outras três regiões devem receber o projeto em breve: Sobradinho II, Paranoá e Riacho Fundo II. A duração das atividades em cada uma delas é de um mês.

Fonte: Agência Brasília

Comentários

[wce_code id=1]
- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -